Pular para o conteúdo principal

O Grito da Mulher Contemporânea

Por: Tatiana Melo
O Dia Internacional da Mulher, comemorado no Dia 8 de Março, é uma data para celebrar as vitórias alcançadas até aqui. É para honrar as conquistas e reivindicar tudo que ainda precisamos conquistar. A data faz referência ao ocorrido nos Estados Unidos, quando operárias de uma fábrica reivindicavam melhores condições de trabalho e melhores salários, contudo foram recebidas com represálias e 130 operárias foram mortas em um incêndio.
Mas o grito da mulher contemporânea não é apenas para relembrar fatos históricos, mas principalmente para alertar sobre as lutas atuais da mulher. Alcançamos conquistas sociais, econômicas e políticas, mas ainda assim não somos vistas como gostaríamos. Vivemos em um país com uma visão amplamente machista, somos bombardeadas por uma ditadura da beleza e ainda não somos remuneradas como merecemos.
Ano após ano as conquistas são mínimas, vejo muita discussão, mas pouca ação. A mulher contemporânea grita por respeito, por atenção, por reconhecimento, por valorização. Ainda hoje precisamos lutar para mostrar nosso valor, para conquistar nosso espaço, lutamos para ter nossos direitos preservados e reconhecidos.
Diariamente a mulher enfrenta um preconceito velado, seja por piadas que enfrentamos no trânsito, no trabalho, na insistência de que nosso lugar é no lar, na cozinha. A mulher mostrou que é sim capaz de ocupar seu espaço no mercado de trabalho, hoje a mulher contemporânea está visivelmente cuidando do lar, dos filhos e ainda assim destacando-se profissionalmente. Não se trata de uma inversão de papéis e sim de uma forma de assumir o papel que queremos e como queremos. Conquistamos a autonomia, mas não alcançamos o respeito. É claro que o meu discurso não é unânime, não vale para todos e não busca ser radical, apenas busca alertar. Mas fico decepcionada em visualizar que ainda hoje existem mulheres que se acomodam no papel que lhe colocam e não buscam seus ideais.
No Brasil, no período de 2001 a 2011, estima-se que ocorreram mais de 50 mil feminicídios, o que equivale a, aproximadamente, 5.000 mortes por ano. Acredita-se que grande parte destes óbitos foram decorrentes de violência doméstica e familiar contra a mulher, uma vez que aproximadamente um terço deles tiveram o domicílio como local de ocorrência. (IPEA 2013)
Os dados chocantes de feminicídios no Brasil nos colocam em um momento para reflexão. O que está sendo feito? Estamos realmente protegidas? Afinal a maior parte das agressões ocorrem dentro dos lares das Brasileiras. De quem é a culpa? Quem ora e olha por nós? Perguntas que muitas vezes não encontramos respostas e continuamos na luta diária.
O meu grito é por cada mulher que busca seu espaço e ainda não encontrou. Meu apoio, meu carinho, meu respeito, minhas felicitações. Gostamos de receber rosas sim, mas precisamos mesmo é de respeito, igualdade e reconhecimento.
FELIZ DIA INTERNACIONAL DA MULHER!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Workshop Viver de Organização

O Workshop Viver de Organização é para você que é ou deseja ser uma Personal Organizer.  Um  evento online, gratuito e sem replay que vai acontecer neste mês.  Neste evento, eu vou falar sobre: Mentalidade da Organização  Estilos de empreendedoras Dia a dia da  Personal Organizer Estratégias de precificação Para participar, clique no link abaixo e garanta sua vaga! Te espero lá! Workshop Viver de Organização

Como montar um armário inteligente?

Gosto muito da ideia de buscar organização para construção de um armário mais consciente. Vejo muitas pessoas buscando alternativas para comprar de forma inteligente e não deixar peças estocadas no armário. A construção de um armário que funcione não começa na triagem dos pertences, não começa no desapego. A verdade é que a organização começa com compras realmente inteligentes. Por isso, antes de comprar qualquer peça nova pense em responder três perguntas importantes para decidir sobre a compra: Qual é o objetivo desta compra? Consigo combinar esta peça com quantas outras que já tenho no armário? Tenho espaço para guardar esta peça no meu armário? Após refletir sobre estas três perguntas conclua que a construção de um armário que funcione começa na compra e não no desapego. A triagem, o desapego é a primeira fase do trabalho de organização para quem precisa tomar decisões para construção de um novo estilo de vida. Se você ainda não está na fase do desapego, pode se colocar na fase de

Plantas ideais para ambientes internos

Não é segredo, eu amo plantas. Tenho percebido que durante esta pandemia a procura por plantas aumentou. Nos últimos meses as pessoas passaram a ficar mais tempo em casa e com os olhares voltados para o ambiente que se vive, muitas pessoas começaram a fazer mudanças dentro de suas casas. Tenho recebido muitas perguntas a respeito da melhor forma de manter a casa em ordem, mas também recebo perguntas de pessoas que buscam levar mais vida para dentro de suas casas de forma harmônica . A organização proporciona harmonia, saúde e bem estar, mas as plantas dão um toque de verde muito especial para completar este trabalho. Pois bem, as plantas cumprem muitas funções interessantes, sou apaixonada pela fisiologia destes seres vivos incríveis e ainda mais apaixonada pela energia que elas podem levar para a nossa casa .  Planta pra mim é terapêutico. O que percebo deste aumento da procura por plantas nos últimos meses é uma visão que sou apaixonada: Transformar casas em LAR.  A primeira dica é